#Você olha para o céu?

Algumas pessoas não precisam de definição.
Nem explicação; nem movimento, nem nada.
Algumas pessoas são simplesmente como são.
Já algumas outras se escondem atrás de um muro enorme.

Há certas coisas que são tão obvias que não as precisamos
expor ao ridículo. Ou simplesmente usá-las como troféu.
Assim também, como há momentos os quais devemos aproveitar
como únicos. Pois tais jamais serão repetidos. Somente lembrados.

De quê adianta então esbanjar um sorriso assim?
De quê adianta limpar a mente e escolha formas exclusivas de se tratar
determinada pessoa?
De quê adianta se deliciar observando um sorriso?

Pra quê tantos desejos, quando a recíproca jamais fora verdadeira?
Então… por quê se prender em um mundo onde toda solução, para todos os problemas, são apenas um mero sorriso? A maioria… falsos. Sem cor. Sem brilho. Só rancor.

E o que fazer? Tentar ser esse campo enorme de conforto temporário?
Deixar ser então algo fútil assim… tão explícito?
Porquê ser igual a todos, quando jamais, no fundo, serás?

Fato é que a valorização de sentimentos simples, de pessoas, de sorrisos, de gestos, está bem distante do entendimento do homem.

Uma pena…

Anúncios

Sobre sobreamente

Como um admirador nato da Arte e Cultura, analiso o mundo com base no comportamento humano e peço licença para expor a minha opinião. Costumo me enxergar como apenas mais um ilusionista nesse mundo tão caótico. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: