Segundo Ato – O Palhaço

Senhoras e sem dores, respeitável público pagão… O palhaço sumiu!

Para tudo e vamos tentar não cair em desespero.
Até parece exagero, mais o mundo não vai acabar.
Digo isso com muita convicção
Sem temer, sem ilusão.

O palhaço sumiu, partiu sem dizer “good bye”.
Sem risos, sem manifestações banais.
Saiu correndo, ladeira abaixo.
Deve estar se escondendo pelos quintais…

O silêncio, nesse instante, ó platéia,
A nós nos cabe julgar.
Será o palhaço um grande carrasco?
Ou será todos nós o simples frasco?

Droga…

…E ninguém entendeu, nem mesmo a linda donzela.
Toda triste, chorando horrores, lutando contra si.
Não percebeu, tampouco assim o quis, que aquele simples palhaço,
Por ela, todos os dias usava aquele nariz?

E o que diz?

Senhoras e sem dores, meninas, meninas-meninos, meninos e meninos-meninas,
O que fazer então para encontrarmos o palhaço?
É um descaso, traição.
Ou a verdade, Donzela? O fim, a destruição?

É o Segundo Ato indo embora, fechando a cortinas da imaginação.
São os últimos aplausos, singelos e insípidos.
Da dor à ternura, do abraço e perdão.
São os simples sorrisos se desfazendo, se escondendo entre a escuridão.

Perdão!

 

Todos os textos são de autoria de Cleyton de Paula,
não sendo permitido a cópia e publicação sem a

autorização do mesmo.
Anúncios

Sobre sobreamente

Como um admirador nato da Arte e Cultura, analiso o mundo com base no comportamento humano e peço licença para expor a minha opinião. Costumo me enxergar como apenas mais um ilusionista nesse mundo tão caótico. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: