O Grito que Ecoa Lá Dentro…

Parto, parto.
Repasso, passo.
Parto, Repasso.
Sou apenas um compasso.

Sou o teu sonho acordado.
Sou a tua incerteza de amanhã.
Sou o passo contrário
Por trás sem transparecer.

Parto, fato.
Sou de ti, pedaços.
Sou certezas de incertezas.
Sou rebanho perdido no pasto.

Repasso, descaso.
Finge sempre saber.
Que de ti tenho o maior desejo.
De ti, quero te ter.

Assim eu desfaço.
Disfarço, assim.
Parto, Repasso.
Sou um simples compasso…

Teu.

Anúncios

Sobre sobreamente

Como um admirador nato da Arte e Cultura, analiso o mundo com base no comportamento humano e peço licença para expor a minha opinião. Costumo me enxergar como apenas mais um ilusionista nesse mundo tão caótico. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: