O mundo acaba todo dia

EU MUNDO cópia

O fim do mundo é quando acordamos e nos deparamos com nossa mente tão pequena, tão frágil e incapaz de confirmar nossas limitações.
O mundo acaba todo dia, quando nos esquecemos de dizer “eu te amo”, ou “desculpa, eu errei!”,
O mundo acaba todo dia, quando não damos um “bom dia!”, ou por simplesmente evitarmos um abraço naquela pessoa, sem atentar para o que pode ser um último encontro.
O mundo acaba todo dia, quando deixamos restos de comida e esquecemos que há tantas pessoas morrendo de fome pelo mundo…
O mundo acaba todo dia, quando não paramos para assistir as gotas suaves – ou até revoltadas – da chuva do amanhecer.
O mundo acaba quando não paramos para agradecer o sol por sua luz e energia renovadora, ou quando não observamos as nuvens bailando lá em cima, no céu.
O mundo acaba quando deixamos de observar o entardecer…

O mundo acaba quando coisas passam a ser mais importantes do que as pessoas, estas que tanto nos cercam e nos mantém cientes de que somos iguais…
O mundo acaba quando esquecemos o significado da palavra “paz”. Quando não temos a sabedoria de parar para observar a sutileza de tudo que está ao nosso redor.
O mundo acaba quando o carinho passa a ser casual e olhares já não expõem recados amorosos ou indiretas discretas…
O mundo acaba todo dia, quando esquecemos de perceber que ao acordar conquistamos mais uma vitória, pois sobrevivemos a mais um dia…
O mundo acaba quando deixamos de sorrir da simplicidade das coisas, da inocência de uma criança, ou da esperteza de um idoso.
O mundo acaba todo dia quando nos esquecemos de dizer aos nossos pais o quão importante eles são, ou quando guardamos dentro de nós o amor que sentimos por eles, por nossos familiares ou por nossos queridos amigos.
O mundo acaba quando deixamos de dar atenção para pessoas que tanto nos amam, ou quando não percebemos que aquele pequeno gesto de carinho é para alguém um gesto gigante e feliz.
O mundo acaba todo dia quando esquecemos o quão frágil somos.
O mundo acaba quando esquecemos de dialogar, de refletir, de ajudar, de pedir ajuda ou se desculpar…
O mundo acaba todo dia, quando você esquece o que é amar!

Seu mundo acabou?

Cleyton de Paula
Anúncios

Sobre sobreamente

Como um admirador nato da Arte e Cultura, analiso o mundo com base no comportamento humano e peço licença para expor a minha opinião. Costumo me enxergar como apenas mais um ilusionista nesse mundo tão caótico. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: