Amar Amarelo

qndooamoracontece

Como não te amar?
Se na ânsia das confusões
Encontro perdido sempre o teu olhar?
Que se cruza com o meu assim como nós
em uma tarde de paixão ou simples ilusão?

Será se aquele Senhor, O Cristo,
nos viu conceber tal vida?
Onde há inúmeras possibilidades
Moldadas em abraços, beijos e sonhos?

Como não te amar,
Se você me faz ser o que jamais fui?
Se molda um “Ser Eu” diferente de Outros?
Me faz errar na certeza de novos amanhãs.
Me faz ser um amor que aconteceu e acontece até hoje.

Será se vejo sempre isso apenas em sonhos?
Ou tais questionamentos são fundados apenas no ato
de te ver sorrir?
Ou até chorar, talvez?

Te amo porque me fez amor
Me fez calor, sentir – sabor.
Não apenas, mas de todo modo: Amor.
…Foi quando ele aconteceu!

[dedicado à Maiara Samila]

Anúncios

Sobre sobreamente

Como um admirador nato da Arte e Cultura, analiso o mundo com base no comportamento humano e peço licença para expor a minha opinião. Costumo me enxergar como apenas mais um ilusionista nesse mundo tão caótico. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: